expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 2 de abril de 2011

Exame Contrastado - Urografia Excretora



UROGRAFIA EXCRETORA
(Duplo ureter esquerdo)



EXAME CONTRASTADO DO TRATO URINÁRIO

  •   RINS                                                  
  •   URETERES                                                           
  •   BEXIGA                                                              







INDICAÇÕES:
*   FUNÇÃO RENAL;
*   LITÍASES RENAIS E URETERAIS;
*   MORFOLOGIA E TOPOGRAFIA;
*   ANOMALIAS CONGÊNITAS;
*   HEMATÚRIA;
*   INFECÇÕES URINÁRIAS DE REPETIÇÃO;
*   MASSAS RENAIS;
*   TRANSPLANTES.

CUIDADOS PRÉ-EXAME:

*   VERIFICAR INDICAÇÃO DO EXAME;
*   ANTECEDENTE ALÉRGICO;
*   PREPARO DO PACIENTE.

PREPARO DO PACIENTE:
*   02 DIAS ANTES DO EXAME / 1 FRASCO DE LAXOL
*   01 DIA ANTES DO EXAME / 2 COMPR. DE LAXANTE / DIMETICONA DE 4 EM 4 HORAS / DIETA LEVE.
*   DIA DO EXAME JEJUM ABSOLUTO.
*   SOBRE PRESCRIÇÃO MÉDICA / METICORTEM E FERNEGAN.
*   EM CRIANÇAS METADE DA DOSE.

CONTRASTE (HISTÓRICO):
*   Em 1923 Rontree observou o sistema urinário opacificado em uma radiografia de abdome em um paciente com sífilis, tratado com grandes doses de iodo e potássio.
*   1928 – Primeiro contraste iodado (uroselectan).

CONTRASTE:
*   IODADO IÔNICO OU NÃO IÔNICO;
*   ADMINISTRADO POR VIA ENDOVENOSA;
*   2 ML POR Kg; (ADULTO)
*   1 ML POR Kg; (CRIANÇAS)






CONTRASTE IDEAL:
*   Ser excretado em altas concentrações;
*   Toxidade extremamente baixa;
*   Alta radiopacidade;
*   Baixa viscosidade;
*   Preço baixo.

CUIDADOS PÓS – INJEÇÃO
*   NÃO REMOVER O ACESSO VENOSO;
*   NÃO DEIXAR O PACIENTE SOZINHO NA SALA DE EXAME;
*   OBSERVAR QUALQUER DESCONFORTO RESPIRATÓRIO NO PACIENTE;
*   OBSERVAR MUDANÇAS DE COLORAÇÃO                    (ERITEMA OU CIANOSE) NO PACIENTE;
*   TER SEMPRE UM CARRINHO DE PARADA POR PERTO;
*   SEM A PRESENÇA DE UM MÉDICO NUNCA INJETAR CONTRASTE IODADO.

TÉCNICA DE EXAME:

*   OS PROTOCOLOS DOS EXAMES PODEM VARIAR DE SERVIÇO PARA SERVIÇO E TAMBÉM DE ACORDO COM A PATOLOGIA ESTUDADA;
*   RADIOGRAFIA PRÉVIA; (RX DE ABDOMEN AP)
*   0 m NEFROGRAMA; (PLANIGRAFIA)
*   5 m / 15 m / 25 m / 30 m; (EXCREÇÃO)
*   EM ALGUNS CASOS EXAMES PODEM DURAR ATÉ 24h. (RETARDOS)

CONCLUSÃO
Apesar do advento de novas técnicas diagnósticas como o ultra-som, a tomografia computadorizada e a ressonância magnética, a urografia excretora continua tendo importante papel diagnóstico, além de constituir excelente ferramenta de auxílio à programação cirúrgica do urologista.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
www.uro.com.br/doenctext.htm
apps. einstein.br/diagnostico/busca

www.scielo.br/scielo. php

www.h9j.com.br/exames_lista_info.php?id_tipo=19&id=59&tipo_exame=Radiologia - 3k -

                                                          TR / TNL. FERNANDO DIAS